Separados pelo poder aquisitivo


.

     Em um país com tão vasta diversidade cultural também pode-se considerar grande a desigualdade que impera no Brasil, um país conhecido pela alegria de seu povo, o fanatismo no futebol e as falcatruas que ocorrem na capital federal também têm o seu nome cogitado quando se fala na palavra desigualdade.
     O E.C.A. (Estatuto da Criança e do Adolescente) surgiu para melhorar a vida dos jovens e principalmente das crianças, mas não é isso que vemos nas ruas já que é elevado o índice de crianças que pedem esmolas nos sinais, fazem malabarismo para ter o que comer no dia ou que simplesmente ficam jogadas nas ruas passando fome e frio sem nenhuma perspectiva de alguma melhora em suas vidas. E só podem sonhar ou esperar que algum milagre venha a acontecer.
     Mas parece que o Brasil não se preocupa com eles pois com programas como ''Bolsa Família'' e outros hoje eles podem ter o que comer mas e no dia de amanhã? Será que essas crianças terão algum futuro na vida sem uma educação de qualidade e vivendo de programas do governo federal? Não se sabe até quando isso vai durar já que são poucos os que se preocupam realmente com o futuro da nação.
     Como conseqüência, temos hoje o que vimos nas ruas, muitos mendigos que passam fome e frio enquanto a alguns passos dali tem um empresário em seu carro importado e muito confortável, pessoas que poderiam estar em situações semelhantes mas vivem em um país onde a igualdade social ou a educação de qualidade para quem nasce em uma família de baixa renda possa almejar algo de bom nessa vida ainda são desconhecidos em boa parte da população.
     Para isso devemos investir maciçamente em uma educação de primeiro mundo pois isso que todas as pessoas merecem, só com uma educação de primeira qualidade poderemos ver um dia uma igualdade social. Sem esses muros invisíveis que são uma vergonha para um país tão rico em diversidades mas que precisa da educação para eliminar essas desigualdades.

Ulysses Guimarães

Your Reply